O alargamento deste complexo desportivo é, “de todo, imprescindível”, porque permitirá aumentar as instalações desportivas dedicadas à prática de futebol e o nível de cobertura local em áreas desportivas, assim como dar respostas a pedidos de diversos clubes concelhios com carências de instalações, refere a proposta.

A proposta “Requalificação do Campo de Jogos Óscar Marques – Permutas de Imóveis entre Município de Matosinhos e a Detevan – Investimentos Imobiliários” foi aprovada na reunião pública do executivo municipal com quatro votos contra - um do PSD, dois do movimento independente liderado por António Parada e outro do movimento independente de Narciso Miranda – e uma abstenção da CDU.

“Tendo em vista a ampliação do complexo desportivo, e no sentido de não onerar em demasia o erário municipal com a aquisição destes quatro imóveis, foi pela comissão de avaliação equacionada a possibilidade de permuta destes imóveis por outras propriedades do município com localização próxima e com idêntica capacidade construtiva”, refere.

Desta forma, os quatro imóveis propriedade da Detevan foram avaliados por um perito externo ao município em 5,6 milhões de euros, assim como os quatro terrenos municipais.

A câmara, liderada pela socialista Luísa Salgueiro, informou que empresa de investimentos imobiliários aceitou a permuta dos imóveis.

A permuta de imóveis enquadra-se numa nova estratégia de acesso à autoestrada 28 e sua ligação à rede viária municipal, implicando a abertura de um procedimento da alteração ao plano de urbanização em vigor para o local, devido à alteração da localização dos arruamentos previstos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.