"Na quinta-feira ao final do dia, ficaram resolvidos os problemas causados pelo mau tempo, mas, por ser necessário fazer limpezas e outros ajustes e hoje só haveria aulas de manhã, a direção da escola optou por só reabrir o estabelecimento na segunda-feira", explicou António Bota, presidente da Câmara de Almodôvar, no distrito de Beja.

Segundo o autarca, na quinta-feira, por volta das 14:00, o vento forte provocou a queda de árvores no recinto e o levantamento de telhas da cobertura de um dos blocos da Escola Básica e Secundária Dr. João Brito Camacho, o que, por motivos de segurança, levou à suspensão das atividades e ao fecho do estabelecimento de ensino.

"Apesar de a escola não ser da responsabilidade da Câmara de Almodôvar", mas do Ministério da Educação, a autarquia, no âmbito do Serviço Municipal de Proteção Civil, "enviou de imediato" técnicos para repararem a cobertura afetada e, juntamente com elementos dos bombeiros, retirarem os troncos e cortarem as árvores que caíram no recinto, explicou.

A cobertura foi reparada e os troncos que caíram foram retirados e as árvores afetadas cortadas na quinta-feira e hoje vão ser feitas limpezas e, já que a escola está fechada, vai aproveitar-se para cortar algumas árvores do recinto que têm a copa muito alta e provavelmente poderiam cair em caso de fortes rajadas de vento, indicou António Bota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.