Os dois desaparecidos nas inundações são um homem de 77 anos e uma outra pessoa que caiu na água, segundo as mesmas fontes.

Cerca de 1.600 bombeiros têm estado a responder às centenas de apelos das populações das zonas dos Alpes marítimos e do Var, que se encontram em "vigilância vermelha".

Uma mulher de 39 anos ficou gravemente ferida após ter sido levada por uma onda, indicaram os bombeiros do Mónaco, enquanto um homem de 78 anos foi igualmente hospitalizado em estado de hipotermia, mas sem ferimentos graves, depois de ter sido empurrado por árvores numa enxurrada de lama, segundo os bombeiros.

Ao fim da tarde, cerca de 4.000 habitações estavam privadas de eletricidade.

Muitos habitantes foram evacuados por prevenção e outros refugiaram-se em edifícios municipais de acolhimento.

As autoridades já avisaram que os cursos de água continuam a aumentar significativamente, e que as inundações "vão continuar a agravar-se".

As autoridades estão a pedir às populações para ficarem em casa ou abrigadas, e não se desloquem de automóvel, exceto em caso de força maior, desde que se movimentem com extrema prudência junto dos cursos de água.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.