O ministro respondia aos jornalistas após uma cerimónia na Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, sobre ter sido apanhado pela estação televisiva TVI, a 5 de julho, a circular a quase 160 quilómetros por hora (km/h) numa estrada nacional e a 200 km/h na autoestrada.

“Não era eu que ia a conduzir e não me apercebi do que estava a acontecer. E isso não me desresponsabiliza em nada”, afirmou o ministro.

João Pedro Matos Fernandes garantiu ainda que já falou com o seu motorista e que tal situação “nunca mais voltará a acontecer”.

No dia em que a infração foi constatada pela TVI, o ministro regressava a Lisboa de um evento em que assinalou a requalificação da Estação de Tratamento de Águas do Roxo, em Aljustrel.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.