“Numa situação de aflição” um homem e uma mulher saíram do primeiro andar, através da janela, tendo sido os feridos mais graves do incidente, explicou à agência Lusa, Pedro Brás, precisando que o homem tem “as duas pernas partidas”.

“O estado de saúde da senhora é mais reservado”, indicou o autarca, referindo, pelas 21:30, que os “moradores já podem entrar no prédio”, embora algumas casas estejam sem eletricidade.

O prédio está sem serviço de gás, acrescentou Pedro Brás.

Uma fuga de gás, “a meio da tarde”, provocou dois feridos graves, num total de cinco.

O alarme foi dado quando se detetou uma “fuga de gás no 'hall' de entrada” do prédio, entretanto evacuado.

Para o local foram deslocados elementos da PSP, bombeiros e INEM, segundo a mesma fonte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.