Hans Rosling, o sueco que nos mostrou todo um novo mundo da visualização de dados estatísticos, morreu hoje aos 68 anos.

A notícia foi dada pelo filho Ola, através do Twitter. “Infelizmente, o Hans morreu hoje”, escreveu na conta de Twitter do pai. “Mas não vamos deixar morrer o seu sonho de uma visão do mundo baseada em factos”.

Em 2015, Hans Rosling esteve em Portugal a convite da Fundação Francisco Manuel dos Santos por ocasião do quinto aniversário  da Pordata. O académico sueco da Fundação Gapminder ficou reconhecido internacionalmente pela sua capacidade de conseguir transformar dados estatísticos em  apresentações criativas e didáticas.

Na biografia que hoje publica de Hans Rosling, o The Guardian recorda que este professor de saúde pública no Karolinska Institute, na Suécia, gostava de chamar a si próprio um "edutainer", o que traduz a sua dupla capacidade de educar, entretendo.

Para perceber a magia que Rosling conseguia produzir com números, nada como assistir a uma das suas TED Talks, plataforma que o deu a conhecer em todo o mundo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.