Amado por uns, visto com relutância por outros. Jerry Lewis, uma das maiores figuras do século XX na indústria do entretenimento nos Estados Unidos morreu na manhã deste domingo, aos 91 anos, na sua casa em Las Vegas, EUA.

Foi um dos comediantes mais populares dos anos 1950 e 1960. Lewis aperfeiçoou a interpretação de palhaço peculiar, mas também foi celebrado como escritor, ator e filantropo numa carreira que se estendeu por seis décadas.

"O rei da comédia", dominou Hollywood nos anos 50 do século passado. Nasceu em Newark, New Jersey, a 16 de março de 1926. Foi protagonista em "O Rei da Comédia", "As Noites Loucas do Dr. Jerryll", ou "Polícias Corruptos", por exemplo.

Ficou conhecido também pela dupla com Dean Martin, que formou em 1946 e durou uma década.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.