O piloto português Paulo Gonçalves, de 40 anos, morreu hoje na sequência de uma queda na 7.ª etapa do rali Dakar na Arábia Saudita, anunciou a organização em comunicado.

Paulo Gonçalves, que ocupava a 46.ª posição das motas à partida para esta etapa, caiu ao quilómetro 276 da especial.

O piloto estava inconsciente à chegada da equipa médica e foi transportado de helicóptero para o hospital, onde foi declarada a sua morte.

"A organização recebeu um alerta às 10h08 e enviou um helicóptero médico que chegou ao piloto às 10h16 encontrando-o inconsciente depois de uma paragem cardíaca. Depois da reanimação no local, o competidor foi levado de helicóptero para o hospital de Layla, onde foi declarada a sua morte", escreveu a organização da prova na nota.

Esta terça-feira organização do Rali Dakar corrigiu a informação sobre a desistência de Paulo Gonçalves (Hero), recolocando o português em prova na terceira etapa.  O piloto de Esposende ficou parado ao quilómetro 30 dos 477 que compunham a especial com o motor da sua mota partido, segundo divulgou a organização no sítio oficial da prova às 06:30 horas, indicando que o piloto luso "decidiu desistir". Três horas mais tarde, a Amaury Sport Organization (ASO) corrigiu a informação, indicando que Gonçalves continuava parado a tentar reparar a avaria enquanto esperava pela chegada do camião de assistência da sua equipa.

Paulo Gonçalves participava pela 13ª vez no Rali Dakar, tendo alcançado o segundo lugar na edição de 2015. A primeira vez que disputou a prova foi em 2006 e já conseguira terminá-la por quatro vezes no top 10. Em 2016, o piloto contou ao Observador a prova, etapa a etapa.

O piloto, nascido a 5 de fevereiro de 1979, natural de Esposende, foi campeão do mundo em motociclismo todo-o-terreno em 2013 e vice-campeão em 2014.

 "Vou tentar dar o meu melhor, um dia de cada vez. Tenho uma mota fantástica. Estou orgulhoso de estar aqui na Arábia Saudita e fazer parte do terceiro capítulo do Dakar. Vou tentar desfrutar das especiais e do país", disse Paulo Gonçalves, citado pela agência Lusa, na cerimónia de apresentação dos pilotos no pódio.

O Rali Dakar, que decorre na Arábia Saudita, começou no domingo, 5 de janeiro, em Jeddah e vai terminar no dia 17 em Riade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.