As mesmas fontes indicaram à agência Lusa que os bombeiros foram chamados hoje de manhã para a abertura da porta de uma habitação, nos arredores de Borba, tendo encontrado no seu interior a mulher em paragem cardiorrespiratória e as filhas inconscientes.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora precisou que o alerta foi dado às 10:52, referindo que as duas crianças foram transportadas num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o Hospital de Évora.

Segundo a fonte da GNR, existe a suspeita de que as três vítimas tenham sido intoxicadas com monóxido de carbono.

Participaram nas operações de socorro os Bombeiros de Borba, a GNR e o INEM, num total de 23 operacionais, apoiados por oito veículos e um helicóptero.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.