De acordo com a informação mensal sobre estado civil do desempregado e condição laboral do cônjuge do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), no final de setembro havia menos 1.359 casais desempregados que no mês homólogo e menos 144 casais desempregados em relação ao mês anterior.

Do total de desempregados casados ou em união de facto, 10.704 (8,5%) têm registo de que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desempregado no serviço de emprego.

No final de setembro, estavam registados no continente 279.388 desempregados, dos quais 45,2% eram casados ou viviam em situação de união de facto, perfazendo um total de 126.323.

O desemprego registado diminuiu 11,4% face ao período homólogo e desceu 1,1% em relação ao mês anterior. Relativamente aos desempregados casados ou em situação de união de facto, a diminuição face a setembro de 2018 atingiu 12% (menos 17.307 desempregados) e a redução face a agosto foi de 3% (menos 3.936).

De acordo com os dados mensais do desemprego também divulgados hoje pelo IEFP, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego do país caiu 11,1% em setembro face ao período homólogo, para 301,3 mil, quase metade do registado há quatro anos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.