As explosões tiveram lugar cerca da meia-noite no estádio de críquete Spinghar, em Jalalabad, capital de Nangarhar, onde centenas de pessoas assistiam a uma partida entre equipas locais, disse o porta-voz do governador da província de Nangarhar, Attaullah Khogyanai.

“As explosões aconteceram entre os espetadores”, afirmou o responsável, acrescentando que a natureza das mesmas não é clara e que as autoridades estão a investigar.

Dos 43 feridos, prosseguiu, sete estão em “estado crítico”.

O organizador do torneio é uma das vítimas mortais, acrescentou.

A partida de críquete foi organizada coincidindo com o Ramadão e nela participavam várias equipas locais de Jalalabad, uma cidade que tem sofrido vários atentados terroristas nos últimos meses.

Nenhum grupo reivindicou a autoria das explosões na província onde o braço afegão do denominado Estado Islâmico tem o seu principal bastião.

De acordo com a ONU, o número de vítimas civis no Afeganistão no ano passado ascendeu a 10.453, dos quais 3.438 mortos e 7.015 feridos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.