“Prevê-se a ocorrência de vento moderado a forte, de sudoeste/sul, rondando para oeste, acompanhado de um incremento significativo da agitação marítima, de oeste/noroeste, podendo a altura significativa registar valores superiores a seis metros”, adiantou, em comunicado de imprensa, o capitão dos dois portos, João Cabeças.

O agravamento das condições meteorológicas e, em particular, do estado do mar está previsto a partir de sábado.

O capitão recomenda, por isso, à comunidade marítima “o reforço das amarrações das embarcações e a sua vigilância, sobretudo nas zonas mais expostas”.

À população em geral, João Cabeças aconselha “que evitem os passeios junto da orla costeira, próximo da linha de água, em particular nos molhes, piscinas naturais e zonas balneares”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.