Segundo a página oficial na Internet da peregrinação do papa Francisco a Fátima, o bispo da Diocese de Leiria-Fátima, António Marto, “vai rezar um dos mistérios em Fátima, com transmissão em ‘live streaming' [em direto pela Internet] a partir da Capelinha das Aparições para a basílica romana".

O 'site' http://www.papa2017.fatima.pt adianta que a imagem da Virgem Peregrina chega à Praça de São Pedro, em Roma, às 17:30 locais (menos uma hora em Lisboa) de sexta-feira, "sendo acolhida pelo cardeal Ângelo Comastri, arcipreste da Basílica de São Pedro e vigário geral do papa para o Vaticano".

Meia hora depois, é rezado o terço “em comunhão com o papa Francisco, peregrino em Fátima”, adianta a mesma fonte, explicando que, no final, “a imagem segue, em procissão, pelas ruas de Roma até à Basílica de São João de Latrão, onde se vai realizar uma vigília de oração".

No sábado, também em procissão, a imagem é levada para a Basílica de Santa Maria Maior, “a maior igreja mariana de Roma”, refere a informação.

Depois de uma vigília de oração, é rezado, a partir das 22:30 locais (menos uma hora em Lisboa), o terço, "à mesma hora em que o rosário é também rezado no santuário da Cova da Iria".

"Os principais santuários marianos do mundo, como o de Nossa Senhora de Lourdes (França), de Nossa Senhora Aparecida (Brasil) e de Nossa Senhora de Fátima do Rio de Janeiro (Brasil), vão transmitir, igualmente em 'live streaming', todas as cerimónias da peregrinação do papa Francisco à Cova da Iria".

Francisco visita Fátima, na sexta-feira e no sábado, para canonizar os pastorinhos Francisco e Jacinta, no centenário dos acontecimentos de Fátima.

Os dois beatos são os mais jovens santos não-mártires. A cerimónia, a primeira realizada em Portugal, vai decorrer em Língua Portuguesa.

O papa tem encontros previstos com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, logo à chegada, e com o primeiro-ministro, António Costa, no sábado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.