“Quero manifestar o nosso pesar, em nome do PE, às famílias das vítimas do avião que caiu na Etiópia, entre os quais muitos cidadãos europeus”, afirmou o presidente da assembleia europeia, Antonio Tajani, falando no arranque da sessão plenária, que decorre em Estrasburgo, França.

Segundo a lista atualizada da Ethiopian Airlines, as 157 pessoas – 149 passageiros e oito tripulantes – que morreram no acidente eram provenientes de 35 países, entre os quais o Quénia (32), Canadá (18), Etiópia (nove), China (oito), Itália (oito), Estados Unidos (oito), Reino Unido (sete), França (sete), Egito (seis), Alemanha (cinco), Índia (quatro), Eslováquia (quatro), Áustria (três), Rússia (três), Suécia (três), Espanha (duas), Israel (duas), Marrocos (duas) e Polónia (duas).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.