De acordo com uma publicação da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro na rede social Twitter, o incidente ocorreu na favela da Rocinha, localizada junto aos bairros turísticos de Ipanema e do Leblon, e começou quando um grupo de agentes, que patrulhava a zona, foi atacado a tiro pelos presumíveis traficantes de droga.

“Sete criminosos feridos foram socorridos no hospital [municipal] Miguel Couto, mas não resistiram aos ferimentos”, informou a força de segurança, através da sua conta no Twitter.

Há cerca de uma hora, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro falava em seis mortos numa outra publicação.

Durante a operação, a polícia apreendeu uma espingarda, duas granadas e sete pistolas, adianta a publicação mais recente.

O caso será agora tratado pelo departamento de homicídios daquela força de segurança.

O Rio de Janeiro vive uma intervenção federal na área de segurança pública desde o final de fevereiro, quando o Presidente Michel Temer assinou um decreto que passou a segurança pública do Estado para as mãos do Exército.

Desde o final das Olimpíadas de 2016, o Rio de Janeiro tem sofrido com o agravamento da violência, situação que piorou devido à crise económica, o que fez com que as autoridades locais tivessem dificuldade em manter equipamentos de segurança e em pagar os salários dos agentes policiais.

ANE (CYR) // ROC

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.