"Tudo o que era de metal desapareceu, inclusive fechaduras e dobradiças", declarou ao canal japonês Fuji TV Shusaku Yoshida, segurança do local usado como abrigo por pescadores.

"Também levaram dois televisores, três frigoríficos, uma máquina de lavar, um microondas, dois aparelhos de som, um DVD, uma serra elétrica, uma frigideira, uma moto e um gerador elétrico", acrescentou.

Outras autoridades japonesas também informaram sobre o desaparecimento de painéis solares, cobertores e até um 'poster' de um desenho animado.

As investigações sobre o roubo levaram a uma modesta embarcação de madeira nas proximidades da ilha de Matsumae Kojima, que fica a 20 km da grande ilha de Hokkaido (norte do Japão).

A imprensa japonesa indicou que alguns dos objetos roubados podem ter sido deitados ao mar por medo dos pescadores de serem interceptados pelas autoridades. Nove suspeitos foram detidos para interrogatório.

Pyongyang faz com que os seus pescadores se aventurem no mar do Japão para tentar obter melhor pesca e estes acabam expostos a vários riscos, devido às péssimas condições das suas embarcações.

As autoridades japonesas já encontraram vários barcos à deriva ou encalhados com pescadores sem vida a bordo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.