Segundo a fonte, as diligências de hoje naquela autarquia do distrito de Braga foram acompanhadas por um magistrado do Ministério Público e visaram “a recolha de documentação”.

Trata-se de um processo que corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto.

A investigação está relacionada com “eventual corrupção”.

A Lusa contactou a Câmara de Barcelos, mas ainda não obteve qualquer comentário.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.