A estratégia de imunização para o outono-inverno vai ser apresentada pelos responsáveis da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Núcleo de Coordenação de Apoio ao Ministério da Saúde (NCAMS), que tem a seu cargo a área logística da vacinação.

A ministra da Saúde cessante, Marta Temido, anunciou na semana passada que a vacinação de reforço da covid-19 e contra a gripe sazonal deverá arrancar na semana que se inicia a 05 de setembro.

De acordo com Marta Temido, este plano de vacinação contra os dois vírus pretende ser uma resposta sobretudo destinada à população mais vulnerável, num contexto em que o Governo antecipa “um aumento da procura de serviços de saúde” nos próximos meses.

Segundo os últimos dados da DGS, 93% da população tem a vacinação completa contra a covid-19, 66% dos elegíveis receberam as vacinas de reforço e 63% dos idosos com 80 ou mais anos tomaram a segunda dose para reforçar a imunização contra o SARS-CoV-2.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.