Esta informação surgiu imediatamente depois de os Mossos d’Esquadra terem confirmado que abateram hoje o presumível autor do atentado de Barcelona, a cerca de 50 quilómetros a oeste da cidade.

“Confirmamos que a pessoa abatida no incidente de Subirats é Younes Abouyaaqoub, autor do atentado terrorista em Barcelona”, acusado de ter matado 14 das 15 vítimas dos atentados na Catalunha, escreveram os Mossos d’Esquadra na rede social Twitter.

Segundo fontes próximas da investigação, os Mossos d’Esquadra estão agora a inspecionar os arredores da zona de Subirats, para verificar se o fugitivo contava com o apoio de outras pessoas que possam ter fugido perante a presença policial.

O terrorista foi abatido pouco depois das 16:30 locais (15:30 em Lisboa), na estrada municipal C-243b do limite do concelho de Subirats, quando uma patrulha dos Mossos d’Esquadra encontrou o fugitivo que, segundo algumas testemunhas, os abordou gritando “Alá é grande!”, ao mesmo tempo que mostrava um cinturão de explosivos.

As equipas especialistas dos Tedax comprovaram, contudo, que os explosivos que Abouyaaqoub transportava eram falsos, tal como aconteceu com os dos cinco terroristas que foram mortos na madrugada da passada sexta-feira, quando perpetravam outro atentado na estância balnear de Cambrils, Tarragona.

De acordo com fontes das forças antiterroristas, os agentes inspecionaram o cadáver do suspeito abatido e verificaram que, pelo menos numa primeira análise, não levava consigo qualquer arma branca como a que presumivelmente utilizou na passada quinta-feira para roubar o carro a um jovem de Vilafranca del Penedès (Barcelona), que matou em seguida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.