O espetáculo, que tem 10 horas de duração, congrega quatro peças de Anton Tchékov: "A gaivota", "Três irmãs", "O tio Vânia" e "O ginjal". A primeira parte tinha decorrido no Teatro Municipal S. Luiz, onde começou às 19h00, e tinha o fim previsto às 6 da manhã, no TNDM, onde 198 pessoas (a lotação estava esgotada, de acordo com o 'Jornal de Notícias') assistiam à segunda parte, desde a meia- noite.

Passavam poucos minutos das 4h00, na parte final do último intervalo previsto, quando dois polícias interromperam "A Vida Vai Engolir-vos". Posteriormente, acorreram outros três agentes ao local, escreve o 'Observador'.

"Os agentes queriam ter a certeza de que as regras de distanciamento social estavam a ser cumpridas e que tínhamos o licenciamento da Inspeção-Geral das Atividades Culturais necessário para apresentarmos espetáculos neste horário. Foi uma intervenção que se resolveu de forma pacífica e com cordialidade”, explicou Tiago Rodrigues, diretor artístico da instituição, ao 'Público'.

Um "imprevisto perfeitamente compreensível", acrescentou Tiago Rodrigues. "Não é habitual o D. Maria II ter as luzes ligadas e estar em funcionamento às quatro da manhã. As autoridades perceberam que havia público, viram que estava a acabar o último dos intervalos da apresentação e abordaram a instituição", justificou à publicação.

"Tendo em conta os constrangimentos da pandemia, é perfeitamente normal e louvável as forças de segurança terem este tipo de cuidado”, insistiu.

"A Vida Vai Engolir-vos" tem no elenco Álvaro Correia, Gonçalo Waddington, João Pedro Mamede, Leonor Cabral, Miguel Loureiro, Mirró Pereira, Mónica Garnel, Rita Cabaço, Sílvia Filipe e Tónan Quito.

A peça ruma agora a Norte em dose dupla. A primeira acontecerá num modelo faseado, nos dias 17 e 18, no Teatro Rivoli (17, início às 19h00) e no Teatro Nacional São João (18, início também às 19h00). A segunda desenrolar-se-á ao estilo maratona nos mesmos equipamentos, com o arranque marcado para as 15h00 no Rivoli.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.