Em comunicado de imprensa, a PJ revelou hoje que “a detenção ocorreu no âmbito de uma operação policial desenvolvida no concelho de Ponta Delgada”, na ilha de São Miguel, e “permitiu a apreensão de, aproximadamente, 27 quilos de haxixe e 250 gramas de cocaína”.

O homem de 53 anos foi identificado e detido “em flagrante delito”, por “fortes indícios da prática do crime de tráfico de estupefacientes”, lê-se no comunicado.

Questionado pela Lusa, o coordenador de investigação criminal da Polícia Judiciária nos Açores, Renato Furtado, disse que a quantidade de haxixe apreendida “seria suficiente para 54 mil doses médias individuais diárias” e a quantidade de cocaína para “1.260 doses médias individuais diárias”.

A operação foi conduzida pelo Departamento de Investigação Criminal dos Açores da PJ, com a colaboração da Guarda Nacional Republicana, através da sua secção cinotécnica.

Renato Furtado revelou que a detenção ocorreu “no âmbito de operações de combate nos pontos de entrada de droga na ilha”, acrescentando que se tratava de estupefacientes “provenientes do continente que foram transportados para São Miguel”.

Segundo o coordenador de investigação criminal, o detido tinha “antecedentes criminais na área de crimes contra património”, mas não tinha antecedentes de tráfico de estupefacientes.

De acordo com o comunicado da PJ, o detido “foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.