Depois de as ofertas terem atingido 1,32 milhões de euros na semana passada, para a aquisição do pombo correio belga New Kim, este domingo foi atingido um novo valor recorde de 1,6 milhões de euros. O leilão decorria na casa de leilões Pigeon Paradise (PIPA), especializada em pombos de competição.

O recorde anterior pertencia também a um pombo belga, Armando, que tinha sido vendido em março de 2019 por 1,252 milhões de euros.

"Estes preços recorde são inacreditáveis, porque se trata de uma fêmea. Armando era um macho. Normalmente, um macho vale mais do que uma fêmea porque pode produzir mais descendentes", explicou Nikolaas Gyselbrecht, CEO e fundador da PIPA, citado pela agência Reuteurs.

Segundo Gyselbrecht, New Kim tem apenas dois anos de idade e só competiu em 2018, quando venceu o título de melhor ave jovem na Bélgica. Tendo em conta que os pombos podem, por norma, reproduzir-se até aos 10 anos, a ave terá ainda uma longa vida de possibilidade de reprodução.

A licitação, que começou com 200 euros no dia 2 de novembro, acabou por ser bastante disputada entre colecionadores chineses aficionados em pombos-correio, durante o dia de domingo.

Kurt Van de Wouwer, cuja família é proprietária da New Kim, afirmou-se “em choque total”.

Gyselbrecht explicou que nenhum país tem uma concentração tão elevada de entusiastas de pombos como a Bélgica e que, por isso, há 20 mil columbófilos num país muito pequeno a competir entre si a um nível muito elevado” e chegou até a comparar a competição com a Liga dos Campeões.

De acordo com a leiloeira, os pombos mais caros foram vendidos à China. A PIPA destaca ainda que a cria Porsche 911 X New Kim é o pombo sem experiência de voo mais caro alguma vez vendido a um comprador europeu e vai para Combinatie Wakker, na Holanda, por 124 mil euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.