Moçambique é o país com o valor mais elevado, pouco mais de um milhão de euros, seguindo-se São Tomé e Príncipe, com 318,4 mil euros, montante semelhante àquele atribuído a Cabo Verde – 316,3 mil euros, especifica o ministério liderado por João Matos Fernandes.

Para Timor foram direcionados 223,1 mil euros, para a Guiné cerca de 100 mil euros e para Angola 64,6 mil euros, acrescenta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.