Em entrevista a Vítor Gonçalves, na RTP, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, atualizou os números relacionados com a nova variante.

"Já estão identificados pelo Instituto Ricardo Jorge 19 casos desta variante e estão outros a serem investigados", disse Graça Freitas na "Grande Entrevista".

Todos os casos estão relacionados com o surto de Covid-19 do Belenenses SAD. Antes, estavam identificados 14 casos desta variante do coronavírus SARS-CoV-2 no país —  entre eles um profissional de saúde em funções no hospital de Almada.

Graça Freitas diz não haver ainda "certeza absoluta" de que foi o jogador vindo da África do Sul a trazer a nova variante.

"O jogador, quando regressou, fez um teste rápido de antígeno, e todos os testes que fez a seguir, incluindo o PCR, deram negativo", explicou. Por essa razão, "a investigação continua".

Com 19 casos confirmados e cinco em investigação, Portugal é um dos países do mundo com mais casos confirmados da nova variante. "Quem procura, encontra", argumentou Graça Freitas.

Na mesma entrevista, a diretora-geral da Saúde admitiu ainda uma "duplicação dos casos de Covid-19 em Portugal dentro de cerca de 26 dias", o que projeta um cenário de 8.000 novos casos por dia no período do Natal.

Hoje Portugal registou 4.670 casos confirmados de infeção, pelo que a confirmarem-se as projeções poderão ser mais de nove mil casos no dia 26 de janeiro. (Há um ano nessa data registaram-se 1.214 novos casos de infeção).

Graça Freitas não se comprometeu com números, disse que é preciso ir estudando e analisando, e acrescentou esperar que não seja significativa uma repercussão do aumento de casos nos internamentos, nos cuidados intensivos e no número de mortos, porque as vacinas protegem contra a doença grave.

[Notícia atualizada às 06h16]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.