O homem foi identificado como sendo Louis Pedro Verdasca dos Santos Costa, residente em Stonehill Road, Hounslow, oeste de Londres, segundo o International Business Times. De acordo com a Skynews, Louis está a ser acusado de ter entrado num avião sem autorização e de ter violado o perímetro de segurança do aeroporto.

Uma fonte que pediu o anonimato afirmou à Skynews que esta foi “uma situação muito difícil e complexa e no fim os bombeiros tiveram de ser chamados ao local onde levaram a cabo uma operação longa e muito demorada para entrar na cabine pelo lado de fora”, acrescentando que “se pensarmos bem, é uma situação terrível. Temos aqui um homem que, não só conseguiu invadir o espaço de um dos aeroportos mais movimentados do mundo, como também foi capaz de encontrar um Boing 747 aberto e de subir a bordo”.

Um comunicado do aeroporto de Heathrow confirmou o incidente, referindo que aguarda o desenrolar do caso e afirmando que a segurança é um dos pontos mais importantes para a administração do aeroporto.

A polícia afastou a hipótese de se tratar de um ato terrorista.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.