Segundo os dados das tábuas de mortalidade hoje divulgadas, os homens tiveram 77,74 anos de esperança de vida à nascença, mais 1,6 meses, e as mulheres 83,78 anos, mais um mês em relação ao biénio anterior.

Em dez anos, a esperança média de vida aumentou 2,28 anos para a população em geral, 2,56 anos para os homens e 1,78 anos para as mulheres.

No caso dos homens, diminuiu a mortalidade abaixo dos 60 anos, enquanto nas mulheres se reduziu aos 60 anos ou mais.

A diferença entre sexos na esperança de vida média diminuiu de 6,45 anos há dez anos para 5,67 anos no período entre 2015 e 2017.

Para as idades acima dos 65 anos, a esperança de vida da população situou-se nos 19,45 anos.

Novamente, nas mulheres este indicador é superior: 20,81 anos contra 17,55 no caso dos homens.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.