“Águeda tem mais de 300 pedidos para reparação de focos de iluminação, uma intervenção que compete à EDP Distribuição, tendo sido reportados atrasos com mais de nove meses, cuja responsabilidade foi assumida, na pelo prestador de serviços energético”, queixa-se o autarca que promoveu uma reunião com responsáveis da EDP Distribuição para tentar ultrapassar o problema.

“Foi discutido o atraso significativo na resolução de avarias na iluminação pública em todo o Concelho, bem como na resposta aos pedidos de instalação de novos pontos de luz e ampliação de rede. A EDP Distribuição assumiu a existência de atrasos na reparação e comprometeu-se em resolver o problema, atuando sobre o seu prestador de serviço, referindo estarem previstas penalizações nestes tipos de atrasos”, dá conta uma nota de imprensa da autarquia.

A Câmara de Águeda pretende também que seja feita uma redistribuição das luminárias, já que existem várias em zonas longe das habitações e aglomerados urbanos, que podem ser usadas para reforçar a iluminação nas localidades.

Foi identificado um número significativo de luminárias no Concelho de Águeda, que estão localizadas em zonas no meio da floresta ou longe das habitações. Esta é a principal conclusão de um levantamento exaustivo elaborado pela Câmara Municipal, que está, agora, a proceder à retirada dessas luminárias destes locais e a instalá-las noutras zonas onde de fato são necessárias, onde existem casas e aglomerados urbanos”, refere nota de imprensa.

Através desse levantamento “foi possível perceber que há um número elevado de luminárias em locais sem habitantes e desertos e ainda outras que estavam abusivamente em propriedades privadas”, comentou Jorge Almeida.

Após este levantamento, a Câmara indicou à EDP Distribuição quais as que deveriam ser removidas e que deveriam ser localizadas em zonas mais próximas das populações, tendo já sido removidas 333 luminárias em todo o Concelho, das quais 163 já estavam desligadas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.