Os ‘blues’, comandados por Frank Lampard, deram sempre a ideia de dominarem o jogo, no qual chegaram à vantagem num lance que parece precedido de falta de Chilwell sobre o central Fernandez, que foi aparentemente empurrado e enviou a bola para a própria baliza.

A vencer desde os 10 minutos, o Chelsea procurou dilatar a vantagem, num jogo em que Timo Werner mostrou pouco acerto na finalização, mas em que conseguiu, ainda assim, assistir na perfeição Abraham para o golo da tranquilidade (2-0), aos 65.

O triunfo de hoje, o quinto consecutivo (três na Liga e dois na ‘Champions’), deixa o Chelsea no primeiro lugar, com os mesmos 18 pontos do que o Leicester, que nesta jornada visita no domingo o Liverpool.

Os ‘blues’ podem ser ultrapassados pelo Leicester, com os mesmos pontos (18), mas pior diferença de golos marcados e sofridos, mas também pelo Tottenham, terceiro, com 17, e que hoje recebe o Manchester City, pelo Liverpool (17 pontos) ou até pelo Southampton (16), que na segunda-feira visita o Wolverhampton.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.