De acordo com a imprensa de Ancara, o chefe de Estado turco espera no encontro de Sochi “convencer” o Presidente russo a retomar o acordo sobre as exportações de cereais ucranianos, que Moscovo abandonou no passado mês de julho.

A deslocação de Erdogan à Rússia e o encontro com Vladimir Putin foi inicialmente noticiada na semana passada.

Erdogan, que deverá discursar antes da reunião, vai encontrar-se com o homólogo russo pela primeira vez desde outubro do ano passado.

O Presidente da Turquia viaja acompanhado dos ministros dos Negócios Estrangeiros, Defesa, Finanças e Energia de Ancara.

Em julho, a Rússia retirou-se do acordo que permitia o transporte de cereais ucranianos através do Mar Negro, crucial para o abastecimento alimentar mundial, alegando que as sanções ocidentais estavam a dificultar o mercado internacional dos próprios produtos agrícolas e fertilizantes.

Moscovo ameaçou atacar os navios que zarpam dos portos ucranianos no Mar Negro e intensificou os bombardeamentos contra as infraestruturas portuárias ucranianas.

Erdogan admite anúncio sobre cereais após reunião com Putin

O Presidente turco declarou hoje à chegada a Sochi, na Rússia, que vai fazer um anúncio "muito importante" sobre as exportações de cereais, após o encontro com o homólogo russo Vladimir Putin.

"Creio que a mensagem que transmitiremos na conferência de imprensa que se seguirá ao nosso encontro será muito importante para o mundo e, em particular, para os países africanos em desenvolvimento", afirmou o Presidente turco.

Na sequência das declarações de Erdogan, o Presidente russo, Vladimir Putin, disse a Recep Tayyip Erdogan que está "aberto a discussões" sobre o acordo de cereais, que Moscovo abandonou em julho e que Ancara tem tentado recuperar.

"Sei que tencionam levantar a questão do acordo sobre os cereais. Estamos abertos a discussões", disse Putin ao lado de Erdogan em Sochi, cidade nas margens do Mar Negro, no sul da Rússia.

Trata-se do primeiro encontro entre os dois chefes de Estado desde outubro do ano passado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.