Está ser avaliada a hipótese dos passes Andante — no Porto — e Lisboa Viva — na cidade com o respetivo nome — poderem integrar percursos de táxi, escreve o Jornal de Notícias. A ideia passa por usar os passes sociais nas respetivas áreas metropolitanas para viajar em zonas onde não haja acesso a autocarros, metro e comboios.

A medida está a ser discutida por um grupo de trabalho coordenado pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), contando com representantes do Governo, da Direção-Geral do Consumidor, dos autarcas das áreas metropolitanas em causa e das associações do setor, que são a ANTRAL e Federação Portuguesa do Táxi.

A medida da utilização dos passes faz parte de um esforço para modernizar o setor e é das que reúne mais consenso até à data, estando a ser discutidas formas de operacionalizá-la.

Escreve o JN que no relatório preliminar do grupo de trabalho se encontra a proposta de integrar o taxí na oferta intermodal dos transportes públicos, através da "venda de pacotes de serviços com pré-pagamento" que poderão ser usufruídos "nos títulos de transporte como Lisboa Viva e Andante, após assegurada a interoperabilidade".

Outra hipótese passa também pelo pagamento destas viagens com o cartão refeição, o que, adianta o diário, passa por uma alteração na própria finalidade deste cartão de débito, que de momento apenas serve para ser usado na restauração e em compras em estabelecimentos comerciais com venda ao público de bens alimentares.

Está também em cima da mesa uma proposta de alteração de tarifas, para que seja criado um preço único intermunicipal entre vários concelhos e que o pagamento da tarifa passe assim a ser progressivo, contando sobretudo para o seu incremento a distância do trajeto.

Para além disso, pretende-se que o sistema passe a ser informatizado, sendo possível contratar viagens através de uma aplicação de telemóvel, o que possibilitará aos clientes optar entre esta modalidade e o taxímetro que já existe.

A ser discutidas estão também as propostas de passar a ser possível contratar os serviços de um táxi para operar durante algumas horas, um dia inteiro ou até uma semana através de pré-reserva, assim como a instalação de terminais multibanco em todos os táxi.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.