Em comunicado, a polícia refere ter apreendido 154 aves, que foram depois “devolvidas à natureza junto do Parque Biológico de Gaia”.

Na operação, que contou com a colaboração do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), segundo a PSP, foram detidos três homens “por venda ilegal de aves” e um outro foi identificado e constituído arguido.

Além dos pássaros, a PSP apreendeu também quatro telemóveis e dois veículos.

Os detidos foram notificados para comparecerem junto das autoridades judiciárias.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.