Durante o dia de hoje elementos e meios da PSP, dos bombeiros e da proteção civil estiveram junto ao rio Tejo, em Abrantes, à procura de uma jovem de 16 anos desaparecida esta sexta-feira, disse à Lusa fonte policial.

“Encontram-se neste momento 25 operacionais no terreno, com vários meios e drones da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. Estão a esvaziar o leito do rio, para que fique com um caudal idêntico ao que estaria na tarde/noite aquando do alegado desaparecimento”, adiantou esta tarde fonte da PSP de Abrantes, no distrito de Santarém.

Segundo a mesma fonte, duas jovens “não tiveram aulas, devido à greve da função pública [na sexta-feira], e ter-se-ão ido banhar para o rio Tejo, na zona do Aquapolis, em Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes”.

O alerta foi dado pelas 22:17 pela amiga, mas o “alegado desaparecimento terá acontecido durante a tarde”.

“Talvez por medo ou outra razão, a rapariga só mais tarde alertou os pais. As buscas iniciaram-se pelas 22:30”, explicou ainda a PSP de Abrantes.

As buscas no local foram depois retomadas esta manhã e prosseguiram ao longo do dia.

[Notícia atualizada às 20:49]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.