Em comunicado, a direção nacional da PSP refere que se associa ao Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher, que hoje se assinala, tendo promovido a destruição de 20.209 armas de fogo.

A PSP adianta que desde 2013 já foram destruídas mais de 276 mil armas de fogo de todas as tipologias, sendo nos anos de 2018 (37.351) e 2019 (35.065) que mais armas foram destruídas. Em 2021 foram destruídas 34.117 armas de fogo.

A PSP procede igualmente à destruição de munições e cartuchos, num processo que totalizou mais de 33 toneladas em quatro anos.

Este ano foram destruídos 4.118 munições e cartuchos.

A PSP explica que, após confirmada a inutilidade das armas, munições e cartuchos para a atividade operacional, formativa, cultural, museológica ou outra das forças de segurança, o diretor nacional determina a “adequada e preventiva destruição”.

Esta atividade decorre das competências da PSP de controlo e supervisão de armas e munições, exercidas em exclusivo desde 1946.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.