Segundo o portal de notícias G1, na noite de quarta-feira, o médico da família do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos jornalistas que o quadro clínico da ex-primeira-dama “é irreversível”.

A mulher do ex-Presidente Lula da Silva está internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o dia 24 de janeiro, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma.

O quadro clínico de Marisa Lula da Silva piorou no início da noite desta quarta-feira e voltou a ser sedada, segundo Kalil Filho, que chefia a equipa que cuida da paciente.

Um exame realizado permitiu constatar que Marisa Letícia tem uma circulação mínima de sangue no cérebro. Os médicos vão continuar a vigiar as atividades cerebrais da paciente e fazer posteriormente uma nova avaliação.

O ex-Presidente Lula da Silva está no hospital, na região central de São Paulo, para acompanhar o tratamento da mulher.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.