O Jornal de Notícias avança esta quarta-feira que há "milhares de pedidos pendentes na Segurança Social" relativos ao Apoio Extraordinário de Proteção Social para Trabalhador, destinado aos recibos verdes e outros cidadãos sem proteção social.

Na sequência de centenas de denúncias ontem efetuadas, o Executivo "prometeu fazer duas transferências até 30 de dezembro".

As denúncias chegaram às caixas de email da provedora de Justiça, de grupos parlamentares da Assembleia da República, da Segurança Social e de alguns órgãos de Comunicação Social.

Segundo o diário, há casos de trabalhadores que esperam há meses pelo apoio extraordinário criado no âmbito do Orçamento Suplementar de julho.

Em comum têm o facto de todos afirmarem ter tido uma quebra de rendimento superior a 40% ou terem cessado o trabalho este ano sem direito a subsídio de desemprego.

Em causa está um apoio de 438,81 euros que deveria ter sido entregue todos os meses desde julho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.