Nos últimos sete dias, morreram 2.270 pessoas com covid-19, o que representa uma queda de 33,5% relativamente a igual período da semana anterior, enquanto o aparecimento de novos casos diminuiu 21%.

Desde o início da crise sanitária no Reino Unido, 122.849 pessoas morreram, tendo sido registados 4.176.554 casos de contágio com o novo coronavírus.

Até agora, 20.089.551 pessoas receberam a primeira dose de uma vacina contra a covid-19, das quais 769.132 receberam uma segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de até 12 semanas.

Na atualização semanal divulgada hoje, os cientistas estimaram que o índice de transmissibilidade efetivo (Rt) no Reino Unido manteve-se entre 0,6 e 0,9, o que confirma que a transmissão do vírus continua a diminuir.

Reino Unido deteta seis casos da variante com origem no Brasil

Seis casos da variante do novo coronavírus com origem em Manaus, no Brasil, foram detetados no Reino Unido, indicou hoje a autoridade de saúde britânica.

Os especialistas temem que esta estirpe do SARS-CoV-2, que pode ser mais contagiosa do que o vírus original, seja resistente às vacinas contra a covid-19 (doença respiratória causada pelo novo coronavírus) que estão a ser administradas no Reino Unido (Pfizer/BioNTech e AstraZeneca/Oxford).

Segundo os responsáveis sanitários, a variante com origem no Brasil tem as mesmas mutações (alterações genéticas no vírus) que a variante identificada pela primeira vez na África do Sul, apontada como mais transmissível.

Três dos seis casos da variante de Manaus detetados no Reino Unido localizam-se em Inglaterra e os restantes na Escócia, mas não há qualquer ligação entre ambos.

Duas das pessoas detetadas em Inglaterra com esta estirpe pertencem à mesma família, do sul de Gloucester, que tinham estado no Brasil antes de o Governo britânico impor restrições aos viajantes procedentes deste país.

O terceiro caso em Inglaterra não está vinculado a estes dois.

Os três casos da estirpe de Manaus identificados na Escócia correspondem a residentes que regressaram de uma viagem ao Brasil e que fizeram escala em Paris e Londres.

O Governo britânico suspendeu em janeiro voos procedentes de Portugal, do Brasil e outros países da América do Sul, bem como da África do Sul, Angola e Moçambique para conter a propagação das novas variantes.

Em Portugal já foram identificados sete casos da variante do novo coronavírus com origem no Brasil, anunciou há uma semana o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

[Notícia atualizada às 19:31]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.