Segundo um comunicado do clube italiano de futebol, a parceria com a ACNUR estende-se ainda ao leilão de camisolas autografadas e a várias ações de consciencialização e apoio “aos jovens refugiados ucranianos”.

No jogo de hoje contra a Atalanta, para a 20.ª jornada da Liga italiana, a equipa, com os portugueses Rui Patrício e Sérgio Oliveira, usará “um símbolo nas camisolas com o logótipo do ACNUR e um coração com as cores da bandeira ucraniana”.

Estas camisolas serão leiloadas no meio de um “período de imensa preocupação em todo o mundo pela situação que vive o povo ucraniano”, dada a investida militar russa naquele país.

O clube lembra ainda que tinha feito o mesmo pelo Afeganistão, devido à chegada ao poder dos talibãs, e junta-se a outros emblemas, como o Nápoles, na angariação de fundos, abrindo também uma rede de locais de recolha de bens para doar a crianças ucranianas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.