O jogador do Real Madrid estaria no sábado no Hotel Intercontinental de Londres, mas a marca patrocinadora cancelou a iniciativa depois de o governo britânico ter elevado os índices de risco de novo atentado.

“A segurança vem em primeiro lugar. Decidimos, com pena, adiar este evento para uma data posterior”, disse, em comunicado, a Sixpad.

O bombista suicida Salman Abedi, de 22 anos, detonou na segunda-feira à noite um explosivo artesanal no exterior do Manchester Arena, onde decorrera um concerto da cantora pop norte-americana Ariana Grande, causando 22 mortos e 75 feridos, muitos deles adolescentes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.