Nesta edição, a participação portuguesa saldou-se em duas medalhas de bronze e duas menções honrosas, assinala a Sociedade Portuguesa de Matemática, em comunicado.

Kevin Pucci, 15 anos, residente em Chaves, alcançou uma medalha de bronze, com 18 pontos, ficando a um ponto da medalha de prata.

Henrique Navas, de 17 anos e residente em Lisboa, conquistou também uma medalha de bronze, e Manuel Cabral, de 18 anos, de Lisboa, e Pedro Fernandes, de 16 anos, de Pombal, obtiveram menções honrosas.

Com apenas mais um ponto, Manuel Cabral, Pedro Fernandes e ainda Duarte Nascimento, de 18 anos, da Amadora, teriam também chegado ao bronze, esclarece o comunicado.

A equipa portuguesa contou ainda com a participação de Matilde Silva, de 16 anos, residente em Coimbra.

Na semana em que as Olimpíadas estiveram em destaque, com a atribuição do Prémio Gulbenkian - Conhecimento à Sociedade Portuguesa de Matemática pela organização desta iniciativa, alunos portugueses competiram com jovens de mais de uma centena de países na mais exigente competição de matemática do mundo, as Olimpíadas Internacionais de Matemática.

Portugal participou pela primeira vez nas OIM em 1989 e, desde então, já conquistou três medalhas de ouro (em 2011, 2012 e 2013), quatro de prata, 29 de bronze e 30 menções honrosas.

Terminada esta competição, é agora Portugal e a cidade do Porto que se prepara para receber olímpicos vindos dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

As Olimpíadas de Matemática da CPLP vão realizar-se na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, entre 23 e 29 de julho.

O ciclo das competições internacionais em 2017 fica completo com as Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática (OIAM), que terão lugar na Argentina, em Puerto Iguazú, entre 23 de setembro e 01 de outubro.

A participação de Portugal nestas competições é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática, e a seleção e preparação dos alunos está a cargo do Projeto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.

O Ministério da Educação, a Ciência Viva, o Novo Banco, a Fundação Calouste Gulbenkian e a Pathena apoiam a realização das Olimpíadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.