Uma escavadora mecânica e outras máquinas destruíam as estruturas naquela zona do campo, onde forças da ordem tentam impedir a entrada de curiosos, jornalistas e alguns migrantes.

O Governo francês informou na quarta-feira que desde segunda-feira retirou 5.596 migrantes do acampamento de Calais e explicou que enviou para o Reino Unido 234 menores.

Em comunicado conjunto, o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, e a ministra da Habitação, Emmanuelle Cosse, acrescentaram que não se registaram incidentes graves na operação, apesar de durante a tarde de quarta-feira terem ocorrido vários focos de incêndio no acampamento, que acabaram por ser controlados.

As pessoas que estavam acampadas em Calais são procedentes do Sudão, Afeganistão e Eritreia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.