Uma nota da DGRSP refere que estão em curso diligências internas para esclarecer as causas da ocorrência, em que um guarda prisional foi encontrado morto numa das torres de vigilância do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz, tendo aparentemente cometido suicídio com recurso à arma de serviço.

A ocorrência foi detetada cerca das 10:50 por um colega que ia proceder à rendição, adianta a DGRSP.

A vítima ainda chegou a ser assistida por elementos clínicos daquele estabelecimento prisional que procederam a manobras de reanimação, tendo também sido acionado o INEM que confirmou o óbito.

De acordo com os trâmites legais, a GNR de Comporta foi chamada ao local tendo feito a respetiva comunicação da situação à Políca Judiciária.

A nota da DGRSP expressa ainda pesar pelo ocorrido e apresenta condolências à família daquele elemento do corpo da Guarda Prisional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.