De acordo com a NASA, os controladores da missão receberam um sinal da sonda InSight perto das 14:00 horas na Califórnia (20:00 horas em Lisboa). Nas próximas horas, os engenheiros do Jet Propulsory Laboratory da agência espacial norte-americana vão avaliar o estado de conservação do engenho.

Após a aterragem, a sonda tirou uma fotografia do "planeta vermelho", mas ainda com a cobertura da lente. O resultado foi partilhado pela conta de Twitter da Nasa.

A agência espacial também partilhou a reação da sua equipa após a aterragem bem sucedida.

A missão InSight, que tem uma duração de dois anos, pretende dar pistas sobre a evolução da formação dos planetas rochosos do Sistema Solar, incluindo a Terra, ao estudar o tamanho, a espessura e a densidade do núcleo, manto e crosta de Marte e a temperatura interior do planeta.

A NASA aguarda atualização de informação dada pelos satélites em redor do planeta para confirmar se a InSight aterrou no local previsto, uma ampla planície, a "Elysium Planitia".

A sonda, equipada com instrumentos geológicos, aterrou em Marte ao fim de uma 'viagem' de seis meses e meio.

Lançada no espaço em 5 de maio, a InSight é a segunda missão robotizada da NASA em Marte depois da Curiosity, a explorar a superfície do planeta desde 2012.

O sucesso desta aterragem já mereceu felicitações do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, que referiu que esta é a "oitava vez que os EUA aterram em Marte e a primeira a estudar o seu interior profundo", considerando o feito um "marco histórico incrível".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.