A freguesia do Ciborro, com 13 testes positivos, continua a concentrar a maior parte dos casos ativos do concelho pertencente ao distrito de Évora.

O número de internamentos hospitalares relacionados com este surto também não sofreu alterações, mantendo-se uma pessoa em enfermaria e outra na unidade de cuidados intensivos.

A testagem no concelho vai prosseguir ao longo dos próximos dias “na comunidade e aos grupos profissionais que lidam com pessoas mais vulneráveis”, de acordo com uma nota informativa emitida pela Câmara de Montemor-o-Novo.

Os números divulgados referem-se aos testes cujos resultados foram conhecidos até às 17:30 de sábado e incluem um caso positivo já detetado anteriormente ao atual surto.

A autarquia alentejana ativou, na segunda-feira, o Plano Municipal de Emergência (PME) de Proteção Civil, que se encontra em vigor até ao dia 31 deste mês.

“A ativação do PME é uma resposta imediata à necessidade de direção e coordenação no âmbito da Proteção Civil em apoio às Autoridades de Saúde Pública, assegurando a articulação das várias entidades envolvidas na prevenção e resposta ao surto, bem como a garantia de mobilização atempada de meios e recursos”, explicou a presidente da câmara, Hortênsia Menino, em comunicado.

O surto de covid-19 em Montemor-o-Novo foi divulgado na segunda-feira pela diretora-geral da Saúde, Graça Feitas, referindo que “ainda está em investigação” a ligação deste foco da doença ao surto do concelho vizinho de Mora, onde existem 62 infetados, de acordo com a última atualização fornecida pelas autoridades locais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.