As Forças Armadas de Taiwan realizam regularmente exercícios militares, mas agora a agência de notícias oficial daquele território citou o chefe de planeamento do Ministério da Defesa, o general Yeh Kuo-hui, que disse que os exercícios em 2019 "estão a ser 'desenhados' com base na adoção de novas táticas de defesa contra uma possível invasão chinesa".

A China reivindica soberania sobre Taiwan, que se separou do continente no meio da guerra civil em 1949.

O Presidente chinês, Xi Jinping, renovou a ameaça de força na sua mensagem de 2 de janeiro, afirmando que a China reserva esse direito para combater a interferência de forças externas e o que apelidou de um reduzido número de separatistas taiwaneses.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.