De acordo com um comunicado do instituto, a tempestade encontrava-se às 20:00 de domingo (21:00 no continente) a cerca de 120 quilómetros a oeste-sudoeste das Flores, com um deslocamento para este-nordeste a uma velocidade de 63 quilómetros por hora (km/h).

"Espera-se que, à medida que a tempestade se desloca para nordeste, se vá transformando numa depressão extra-tropical com um sistema frontal associado, perdendo assim gradualmente as características tropicais", acrescenta.

Mantendo-se a trajetória mais provável prevista, "o centro deste sistema de baixas pressões deverá passar, nas próximas horas, muito próximo do grupo Ocidental dos Açores e o sistema frontal associado irá atravessar todas as ilhas, podendo provocar precipitação por vezes forte nos grupos Ocidental e Central", alerta o IPMA.

Assim para as próximas horas, o IPMA prevê que o vento sopre forte com rajadas até 120 quilómetros no grupo Ocidental, 100 km/h no grupo Central e até 90 km/h no grupo Oriental.

Espera-se ainda um aumento da agitação marítima com ondas de altura significativa de seis a sete metros e períodos de chuva por vezes forte.

Devido à deslocação da tempestade tropical, foi emitido aviso amarelo para todas as ilhas para hoje.

As ilhas do grupo ocidental, Flores e Corvo, estiveram sob aviso amarelo a partir das 18:00 de domingo, que passou para laranja entre as 21:00 de domingo e as 06:00 de hoje, período em que se prevê que as rajadas de vento atinjam os 120 km/h.

Para hoje mantém-se ainda o aviso amarelo entre as 06:00 e as 09:00 devido a ventos fortes, e até às 18:00 por causa da agitação marítima, com ondas a atingir seis a sete metros.

No grupo central, as rajadas de vento devem atingir os 100 km/h entre as 00:00 e as 12:00 de hoje, com previsão de precipitação forte entre as 06:00 e as 14:00 e agitação marítima, com ondulação a atingir, também, seis a sete metros, entre as 06:00 e as 18:00.

As ilhas da Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial estão, por isso, sob aviso amarelo entre as 00:00 e as 18:00 de hoje.

As ilhas de São Miguel e Santa Maria só deverão ser afetadas a partir das 03:00 de hoje, com rajadas que podem atingir os 90 km/h, e que deverão ocorrer até às 12:00, estando previsto que o período de maior agitação marítima, na mesma ordem de grandeza das restantes ilhas, dure entre as 09:00 e as 18:00, altura em que termina o aviso amarelo vigente para o grupo oriental.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.