Segundo um comunicado do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul (SITESUL), os trabalhadores das quatro empresas do grupo Multiauto, S.A. - que assegura a manutenção/reparação de viaturas do grupo Renault -, e que integram a Multiauto SGPS, vão estar em greve, das 9:00 às 11:00 e das 15:00 às 17:00, nos dias 26, 28 e 30 de junho.

Nos dias 27 e 29 de junho, os trabalhadores prometem realizar diversas reuniões plenárias, para fazerem o balanço da luta pela melhoria dos salários e das condições de trabalho.

De acordo com o sindicato, a decisão dos trabalhadores de avançarem para a greve surge na sequência da alegada quebra da promessa da administração de aumentar o subsídio de alimentação a partir do passado mês de maio.

"Foi a `gota de água´ que fez transbordar a revolta e indignação destes trabalhadores", refere o comunicado, que sublinha o empenho diário dos trabalhadores para honrarem os compromissos da empresa com os clientes.

O sindicato refere ainda que as greves parciais agora anunciadas constituem, também, uma resposta a "dez longos anos de política de baixos salários e retirada de direitos" aos trabalhadores.

Questionada pela agência Lusa sobre o pré-aviso de greve e as reivindicações dos trabalhadores, a administração da Multiauto, S.A. disse apenas que "está em análise uma proposta de melhoria das condições dadas aos seus colaboradores e que a mesma tem sido discutida com o sindicato".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.