Segundo adiantou o SEF em comunicado, um dos passageiros foi detetado no controlo de um voo para Banjul, na Gâmbia, com uma autorização de residência e um cartão do cidadão, ambos emitidos por Itália, e, ainda, um passaporte comum, emitido por Mali.

Todos os documentos eram falsificados.

Paralelamente, no controlo de um voo para Manchester, o SEF deteve um passageiro que apresentou um cartão do cidadão falsificado, emitido por França, enquanto no controlo de um voo para Dublin, foi detetado um passageiro com um cartão do cidadão falsificado, emitido por Itália.

Todos os documentos fraudulentos foram entregues às intâncias judiciais, que irão analisar o processo dos detidos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.