O bombardeamento danificou uma linha de energia na central, causando a paralisação de vários transformadores do reator número seis e forçando a um breve lançamento de geradores de emergência, revelou o operador de energia nuclear Energoatom.

"Terroristas russos bombardearam novamente a central nuclear" durante a noite, salientou a Energoatom no Telegram.

Mas a radiação permaneceu "no nível normal de valores de fundo", revelaram no Telegram.

"As emissões e descargas de substâncias radioativas no meio ambiente não excedem os valores permitidos estabelecidos", afirmou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.