Segundo o The New York Times, o tenente Kerron Valere, da Guarda Costeira de Trinidad e Tobago, referiu em comunicado que estavam a bordo 25 pessoas, tendo quatro sido salvas.

O capitão da embarcação, Francisco Martínez, foi uma das pessoas resgatadas pelas autoridades.

Está a ser investigado se o barco estava a ser operado legalmente ou se era usado para tráfico humano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.