Dos três voos afetados, dois eram provenientes de Inglaterra operados pela easyJet e um da TAP oriundo de Lisboa, sendo que os primeiros divergiram para Porto Santo e Faro, e o último regressou à capital portuguesa.

"O vento está muito instável, ora dentro dos limites, ora fora dos limites, o que faz com que alguns voos possam aterrar e outros não", disse a mesma fonte, sublinhando que faltam quatro voos para completar a operação de hoje.

O avião da companhia Binter, que estabelece a ligação entre a Madeira e o Porto Santo, encontra-se neste momento (pelas 20:30) retido nesta ilha à espera para efetuar o último voo do dia.

A Região Autónoma da Madeira está sob aviso de vento forte até às 06:00 horas de terça-feira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.